[ | terça-feira, 17 de julho de 2012 | | 10 comentários ]

Andadores: os aliados dos idosos


A população de idosos no Japão cresce cada vez mais e as facilidades tecnológicas para o bem-estar dos mesmo cresce em igualdade. Desde que cheguei neste país, notei que os idosos tem mais autonomia para sair de casa do que os idosos no Brasil. Uma das facilidades que permite que isso aconteça são os andadores (walker / 歩行車 - hokoo kuruma), comuns em países desenvolvidos.

É comum encontrar idosos ora andando com andadores, ora com "triciclos" ou "carrinhos". A maioria dos modelos de andadores vem acompanhado de cestinha para carregar compras e objetos pessoais, possuem assentos para eles descansarem durante sua caminhada e alguns são motorizados (os carrinhos). Os motorizados não possuem alta velocidade porém ajuda e muito á um idoso!
Modelo mais comum

Não sei andar de bicicleta (que vergonha >.<) e até pensei em comprar um triciclo desses pra mim!

A nipovozinha motorizada

Estes carrinhos não são rápidos mas para alguém que tem dificuldade em se locomover é ótimo!

Aqui vocês encontram alguns modelos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 comentários:

  1. Olá querida, realmente a mobilidade para a terceira idade é um fator muito positivo aqui no Japão..sem contar as vias públicas totalmente adaptadas.Não é a toa que o país registra um número alto de idosos, pois contribuem e favorecem uma rotina acessível de conviver!! Super bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dos idosos que vejo na rua sempre estão felizes, sorrindo, são tão simpáticos! Na cidade onde eu morava no Brasil, não tem condições de idosos andarem com andador até mesmo cadeirante tem dificuldade em se locomover! Já no Japão, as estradas são totalmente diferentes, bem cuidadas!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. uma coisa que eu admiro, no hospital q eu trabalho, é a vitalidade desses velhinhos. tem uma senhora que tem 101 anos! e ela cuida da hortinha dela, sempre leva frutas pra gente, vai lá só fazer check up e não tem problema algum rs. é admirável. mas é isso mesmo, passar a velhice em casa, vendo tv, é algo triste demais.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os idosos no Japão tem uma vida muito ativa, mais ativa do que alguns jovens! E eles sempre estão de bem com a vida, difícil ver algum idoso de cara amarrada e reclamando. Acho que a alimentação é o principal fator, o uso de agrotóxicos e alimentação dos animais. O gosto da carne é diferente no Japão.
      No Brasil alguns ficam idosos e já pensam que a vida acabou, ou que trabalhou uma vida toda e não tem q fazer nada além de ficar em casa. Já no Japão eles saem, trabalham em casa nas hortas, trabalham no campo, fazem atividades culturais. Aos esse cenário muda no Brasil.
      E no Japão, a população idosa está crescendo mais do que a jovem, futuramente o mercado irá precisar de profissionais nesta área. Minha mãe trabalha com idosas no Brasil e eu também tenho vontade de trabalhar nesta área.

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Oi Diana!
    Também acho super bacana esses andadores para nossos jityanzinhos!
    Ajuda muito né?!
    Mas confesso que quando estou dirigindo, morro de medo quando vejo eles com os elétricos, passo beeeem longe pra evitar qualquer acidente!
    Eu acho a velhice um pouco triste no Japão, meio deixada de lado mesmo pelos filhos, parentes...apesar de tudo acho que no Brasil o viver na terceira idade ainda é mais feliz e alegre e principalmente mais caloroso, isso é o que tenho lido, ouvido e visto também.
    Pensar que você vai criar uma família e terminar sua vida em um asilo (mesmo que de primeiro mundo) não é muito gratificante né!
    Mas como tudo na vida, aqui ou no Brasil sempre terão os prós e contras!
    Beijos querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As coisas que vi com idosos onde eu morava e na área de assistência social, onde eu acompanhava casos de idosos, não eram boas. Filhos ficando com toda a pensão dos pais e deixando eles passarem fome, filhos que só apareciam quando os pais recebiam a aposentadoria, abandono, violência...coisas desse tipo.
      Na minha opinião, quando eu envelhecer quero ir para um asilo! Ficar perto de gente com a minha faixa etária, ter atividades em grupo, passeios etc...asilo não é tão frio quanto parece, a amiga da minha mãe não troca o asilo pela família dela por nada!
      No Brasil os idosos tem muita dificuldade em sair de casa, seja por causa das condições das ruas ou da violência e alguns ficam dependendo da boa vontade dos outros.
      Bem, cada um pensa de uma maneira né rsrsrsrs

      Excluir
  4. Não sabe andar de bicicleta?? Então vc tem que aprender rapidinho, pq anfar de bicicleta aí no Japão é uma delícia (^ー゜)
    Quando estivemos aí no ano passado, a minha filha de 11 anos tbm não sabia andar de bicicleta, eu tinha que levar ela na garupa e tomava bronca da polícia quase todos os dias hahahaha, quando chegou no Brasil tratou de aprender rapidinho pra na próxima viagem ter sua própria bicicleta (=^ェ^=)

    Bjus, boa semana!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até tentei aprender quando o inverno estava acabando e tinha pouca neve mas meu marido não teve paciência kkkkkk além de ser delícia é muito mais seguro do que no Brasil né, onde moro a maioria das ruas tem faixa pra bicicleta seja na calçada ou na rua.
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  5. Tenho grande admiração pelos Japoneses, povo trabalhador, e gostaria de fazer parte dessa página e receber notícias desse país disciplinado.

    ResponderExcluir
  6. Olá, gostaria de fazer parte dessa página, e ter acesso aos hábitos dos Japoneses ou fotografias, tenho grande respeito a esse povo trabalhador e disciplinado. Grato. Sergio Wolf.

    ResponderExcluir

A Carioca por e-mail

Digite seu e-mail:

Delivered by FeedBurner