[ | segunda-feira, 28 de maio de 2012 | | 2 comentários ]

Voltando do trabalho de madrugada vi aqueles olhos brilhando ao longe, e enquanto o carro se aproximada o bichinho tomava forma. Era um tanuki, um tipo de guaxinim japonês, uma subespécie. Os tanuki vivem perto de árvores e rios e Komagane é uma cidade cheia dos elementos que ele mais gostam. São onívoros, portanto comem de tudo e saem á noite em busca de alimento.





É retratado com uma garrafa em uma mão e uma nota promissória na outra e sempre usando chapéu. Tem uma barriga enorme e vive sentado sobre seus testículos gigantes:
  • O chapéu simboliza proteção contra os elementos da natureza, cuidado e atenção; 
  • Os olhos grandes representam a tomada de decisão correta; 
  • O sorriso representa amizade; 
  • A barriga grande representa fartura e forte determinação; 
  • O Tokkuri (garrafa de sake) representa virtude; 
  • A nota promissória representa confiança; 
  • O rabo representa estabilidadel;
  • Os testículos representam a fertilidade e fortuna.



Muitos comércios de Komagane possuem uma estátua de tanuki em suas portas para atrair fregueses e sorte. No folclore japones, os tanuki tem grande força física e poderes sobrenaturais, como mudar de forma. É travesso e pode tomar a forma de um humano, mais sobre a vida dos tanuki pode ser visto no filme PonPoko (um bom filme para crianças e adultos, fala sobre o desmatamento e o impacto na vida dos animais).


Ponpoko é o som que os tanuki fazem quando inflam suas barrigas e batucam como tambor para afugentar viajantes. Antigamente os Tanuki eram caçados por causa da carne, pele para fazer pinceis e até mesmo por causa dos ossos que diziam ter poderem medicinais. Hoje eles sofrem com problemas de pele, sim estão se extinguindo.

Algo muito importante nos tanuki são suas "bolas", as bolas douradas que até mesmo em musica infantil estão presentes:

Tan Tan Tanuki no kintama wa,
Kaze mo nai no ni,
Bura bura

Seria mais ou menos: as bolas douradas do tanuki mesmo quando não tem vento balançam balançam.

Bunbuku Chagama é uma lenda sobre um tanuki que é liberto de uma armadilha e retribui seu salvador, um tanuki em forma de chaleira.


Kachi kachi yama é uma lenda sobre um tanuki malvado e um coelho.


Agora uma música sobre os travessos tanuki, vídeo antigo:


Curiosidades: 
  • O bijuu aprisionado no corpo de Gaara, em Naruto, é um tanuki de areia, Gaara até usa um jutsu chamado "tanuki neiri no jutsu" para adormercer em uma luta contra Naruto;
  • A expressão "tanuki neiri" quer dizer sono fingido;
  • Em Ragnarok Online, o smokie/fumacento é um tanuki;
  • Em Inu Yasha aparece um tanuki, o Hachiemon.
  • As lendas do tanuki vem da China, o Japão aproveitou apenas as partes boas que esse bichnho tem á oferecer. Na China os Tanuki são malvados.

Este post estava no rascunho faz tempo, esperando a oportunidade de fotografar os benditos tanuki mas não consegui porque o jeito seria esperar na rua no meio da noite. Mas aí eu esperaria tanuki, urso, cobra e outros bichos que existem em komagane ^^
Como a Leh do Vidasemvoltas havia me pedido/sugerido pelo twitter e depois em um comentário aqui no blog para postar, então resolvi postar sem as fotos mas com vídeos interessantes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Diana, amei seu post!

    Muito bem explicado e, na minha opinião, uma grande novidade.
    Não conhecia e nem tinha ouvido falar até que você comentou no Twitter e fiquei bastante curiosa.
    Embora perigosos, olhando assim são até bonitinhos, todos parecidinhos, cores iguais.

    Muitíssimo obrigada por atender meu pedido.
    Não, não se arrisque. Tem tantas formas de mostrar e você o fez muito bem. Parabéns!

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom que gostou! Eu levei um susto quando vi aquela silhueta de ancas largas e olhos brilhantes. E é comum sair de carro á noite e ver esses bichinhos nas ruas mas eles são rápidos em correr e se esconder.
      Obrigada!

      Excluir

A Carioca por e-mail

Digite seu e-mail:

Delivered by FeedBurner